Inovação Tecnológica – Equipamento corta pedras em uma espessura mínima, até menos de 1mm

Inovação tecnológica – Você já imaginou algum dia vestir uma roupa feita de pedra? Equipamento corta pedras em uma espessura mínima, até menos de 1mm, tornando-a maleável e proporcionando novas aplicações.

Esta foi uma das inovações apresentadas pelo Instituto Centec na manhã da última segunda-feira (29) durante o #DayOneStartUp, evento que reuniu 17 empreendimentos de oito municípios cearenses que estão sendo apoiados pela Incubadora Tecnológica do Centec (Intece) em 2019.

O evento aconteceu simultaneamente na sede do Centec, em Fortaleza, e nas unidades de Juazeiro do Norte (com a presença de participantes do Crato), Quixeramobim (Quixadá), Horizonte, Brejo Santo e Ipu por meio de videoconferência. Cada empresa apresentou seu produto em cerca de 10 minutos e contou com o feedback dos convidados.

“Trabalho com rochas ornamentais há 20 anos e sempre estudei uma forma de reduzir o impacto ambiental dos resíduos descartados pelas pedreiras aqui no Ceará. Com isso, desenvolvi um equipamento que corta pedras em uma espessura mínima, até menos de 1mm, tornando-a maleável e proporcionando novas aplicações”, explica Francisco Deodato, dono da empresa “Restone”, que recicla rochas em Horizonte.

CONFERENCIA #DAYONESTARTUP DA INCUBADORA DA CENTEC
FOTOS: TIAGO STILLE/ GOV. DO CEARA

Segundo Deodato, este novo material pode ser utilizado também para desenvolver construções mais limpas, com a aplicação em paredes sem utilização de argamassa ou até mesmo em móveis, cortinas e até em roupas. Durante a sua apresentação, ele trouxe exemplares do seu produto inovador criados com granito palomino, de Horizonte, e da Pedra Cariri.

O secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Inácio Arruda, assistiu a todas as apresentações e afirmou estar encantado com as inovações desenvolvidas. “Estas empresas têm potencial para se tornarem grandes negócios. São empreendimentos de inovação tecnológica, que estão usando o conhecimento aprendido dentro das nossas escolas profissionalizantes, faculdades tecnológicas e universidades, por gente com espírito empreendedor. Este é o caminho para o Estado do Ceará aumentar a sua produção de riquezas. Parabéns ao Centec e às empresas que participaram do #PartiuEmpreender, tenho certeza de que elas se transformarão em grandes negócios”, afirmou o secretário.

Inovação Tecnológica - Francisco Deodato, dono da empresa “Restone”, que recicla rochas em Horizonte
Inovação Tecnológica – Francisco Deodato, dono da empresa “Restone”, que recicla rochas em Horizonte FOTOS: TIAGO STILLE/ GOV. DO CEARA

O presidente do Centec, Silas Alencar, agradeceu o apoio do Governo do Estado que tornou possível o início do Programa #PartiuEmpreender em 2018. Nas primeiras fases, foram realizadas mais de mil horas de capacitação em 16 municípios com o intuito de difundir a cultura empreendedora e preparar e identificar negócios inovadores no interior do Estado.

“Retomamos com força total as ações da nossa Incubadora, pois sabemos da sua importância para o desenvolvimento de novos negócios no Ceará. Ano passado, conseguimos o apoio da Secitece para selecionar novas empresas e decidimos dar uma atenção especial para o interior do Estado, pois sabemos que lá as dificuldades são maiores e as oportunidades são mais escassas. Por isso, temos muito orgulho em apresentar hoje estes 17 empreendimentos que temos certeza que serão um sucesso”, comemorou Silas.

CONFERENCIA #DAYONESTARTUP DA INCUBADORA DA CENTEC
FOTOS: TIAGO STILLE/ GOV. DO CEARA

Outra inovação apresentada foi a plataforma Connection, criada pela empresa Fortbyte. Ela oferece uma solução tecnológica de baixo custo para pequenos negócios nas áreas de gestão e marketing. “Essas duas áreas são os principais desafios para um microempreendimento. A nossa plataforma oferece este serviço por meio de um sistema de gerenciamento de clientes e que, inclusive, ser utilizado no celular. Ter a Secitece e a Incubadora do Centec como apoiadores da nossa ideia, nos ajudará a disseminar a nossa plataforma para todo o Estado e, futuramente, para todo o país”, disse Tiago Leite um dos sócios da Fortbyte. Conheça cada uma das empresas apoiadas pela Incubadora do Centec em 2019:

1. Frontlancer (Fortaleza): Serviços customizados através de uma plataforma digital

2. Connection (Fortaleza): Aplicativo de gerenciamento de negócios e engajamento com dados segmentados

3. Édimo (Fortaleza): Aplicativo para gerenciamento de cartões fidelidade

4. TASQ (Crato): Aplicativo de mobilidade urbana

5. Welf (Ipu): Aplicativo de localização e avaliação de estabelecimentos

6. Smart Top (Quixadá): Aditivo térmico para uso em argamassa e reboco

7. Rocha PCI (Juazeiro do Norte): Impressora de placa de circuito impresso

8. Ânimo Kombucha (Fortaleza): Fermentado de chá com características funcionais e de frutas regionais (acerola e caju)

9. Forte Sol (Fortaleza): Aplicativo de instalação e manutenção, e gestão de sistema fotovoltaico conectado à Rede (SFCR)

10. Pedalet Bike (Horizonte): Triciclos e minicarros não motorizados feitos com materiais reciclados

11. Restone (Horizonte): Placas de revestimento de menor espessura feitas a partir de rochas recicladas

12. Biogás For Life (Quixeramobim): Biodigestor para pequenas propriedades rurais

13. Sensory Xavier (Brejo Santo): Equipamento feito com placa de arduíno útil para pessoas com deficiência visual

14. Aquaponia (Fortaleza): Sistema integrado de produção de peixe de água doce e hortaliças em circuito fechado

15. Miro Alimentos (Fortaleza): Desenvolvimento de massa diferenciada

16. São D’Neide (Brejo Santo): Serviço de salão de beleza móvel, gerenciado por aplicativo.

17. GPS de Mercado (Juazeiro do Norte): rastreabilidade de produtos em lojas supermercados

Fonte: Governo do Ceará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *